• Pequenices

[Grande Artista] Edith do Prato

Tem como tocar Samba de Roda com prato e faca?


A baiana Edith Oliveira Nogueira provou com maestria ser possível. A cantora e percussionista nasceu em Santo Amaro da Purificação, BA em 1916. Sua carreira começou de forma amadora em sua terra natal, onde era chamada para tocar em aniversários e carurus. Já sua estreia nos palcos aconteceu em 1970, quando os cantores César e Roberto Mendes a levaram para participar com eles em um espetáculo em Feira de Santana (BA).


Seu nome artístico, Dona Edith do Prato, veio pelo instrumento usado nas rodas de samba. Em 1973, ela gravou com Caetano Veloso a música Viola, meu bem. Dez anos depois, Filosofia Pura no disco Ciclo de Maria Bethânia.


Em 2002, gravou o CD Vozes da Purificação, produzido por J. Veloso e contou com a presença de Maria Bethânia, Caetano Veloso e o sambista Roque Ferreira . No ano seguinte lançou o DVD com mesmo título, no qual a artista conta como foi sua iniciação musical.


"Toda a vida fui louca por samba, fugia para espiar o samba. Eu ficava raspando uma cuia de queijo, mas não acertava nada. Um dia, com uma faca e um prato de doce, peguei o ritmo. Fiquei afamada por isso e, todo caruru, festa de aniversário, me chamavam para tocar, mas ninguém me ensinou."

Posts recentes

Ver tudo